23° Congresso Paranaense de Radiodifusão foi um sucesso

0
308

Promovido pela Aerp e o Sert/PR, o evento reuniu autoridades, jornalistas e radiodifusores para debater temas estratégicos do meio rádio

A cidade de Foz do Iguaçu foi palco do 23º Congresso Paranaense de Radiodifusão realizado no período de 11 a 13 de novembro. Mais de 250 radiodifusores de todo o Paraná lotaram o Centro de Convenções do Bourbon Cataratas Convention & Spa Resort. A importância do rádio para o desenvolvimento do Paraná, e a força que existe na integração e no compartilhamento de ideias, conhecimentos e esforços nortearam todas as discussões do Congresso.

Em paralelo foi realizada a Feira Nacional de Equipamentos, com participação da BT Telecom, Access, Teletronix, Playlist Soluções, BBtech, Planeta do Rádio, Copel Telecom e Sanepar. Os expositores puderam esclarecer dúvidas e apresentar toda a linha de produtos e serviços aos radiodifusores.

Os desafios do setor foram lembrados pelo presidente da Aerp, Marcio Villela, em seu discurso na abertura do evento. ”Nossa associação é um reflexo do que é a radiodifusão paranaense: ousada, inovadora e determinada”. Villela destacou ainda a participação e dedicação de todos os radiodifusores para o fortalecimento do meio. “Agradeço a todos pelo apoio, dedicação, lealdade e comprometimento. Das sugestões e criticas surgiram ideias que se tornaram projetos importantes, que nos tornaram referência nacional”.

A união de todos do meio foi destacada por Caique Agustini, presidente do Sert/PR. “Sabemos a importância de atingir mais e melhores resultados para que nossa categoria cresça e se desenvolva forte e capaz”.

Participaram da solenidade de abertura do evento o Governador do Estado do Paraná, Beto Richa, o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano, o presidente do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, Ivan Bonilha, o presidente da Federação Nacional de Empresas de Rádio e TV (FENAERT), Ary dos Santos, o presidente da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (ABERT), Daniel Pimentel Slaviero.

Tendência e inovação

Oportunidades de negócio, estratégias de liderança, mercado publicitário, criatividade, inovação e tendências mundiais foram os temas das primeiras palestras no dia 12 de novembro. Eduardo Moreira, fundador do Banco Brasil Plural, (A Incrível Jornada do Empreendedor), Salles Neto, presidente do Grupo Meio&Mensagem (Como as Novas Gerações estão Consumindo Mídia) e Eloi Zanetti (Criatividade em Tempos Difíceis) convidaram os participantes, em um provocante e revelador bate-papo, a repensarem sua forma de empreender e inovar.

O painel “Relações de Trabalho: cenários e desafios para o Brasil” tratou sobre alguns aspectos da legislação trabalhista. Esse tema é importante para que o radiodifusor conheça melhor o tema e aperfeiçoe as relações com seus colaboradores.

Ouvinte

Será que o radiodifusor conhece mesmo seu ouvinte? Um grande debate foi aberto na apresentação da 1ª Pesquisa Aerp/Sert-PR para mapeamento do ouvinte paranaense.

Participaram do segundo painel/debate na quinta-feira, 12, o presidente da Aerp, Márcio Villela, o presidente do Sert/PR, Caique Agustini, o diretor de comunicação da Aerp e diretor executivo da rádio Rádio Banda B, Michel Micheleto; o diretor de comunicação na gestão 2016-2018 da Aerp e diretor executivo da Massa FM, Luís Benitte; e o diretor da unidade rádios do Grupo Paranaense de comunicação, João Santos.

Márcio Villela ressaltou a importância da pesquisa, que é a primeira de uma série de estudos que pretendem detalhar o perfil e os hábitos de mídia dos ouvintes paranaenses. “Um rico recurso para a área comercial e de marketing das emissoras”.

Desafios

Os paineis e palestras do terceiro dia, 13 de novembro, provocaram discussões de ideias e importantes trocas de vivências entre especialistas e radiodifusores.

Como identificar talentos dentro da equipe? Quem é a nova classe C? Os diversos desafios da gestão foram abordados nas palestras de Maurício Louzada, professional coach, (Pra Valer: impossível é somente aquilo que você ainda não tentou!) e Renato Meirelles, presidente do Data Popular, ( Pesquisa de Mercado: Quem vê cara não enxerga o bolso).

Três paineis movimentaram a sexta-feira, 13, – “Como transformar crise em oportunidade”, “Políticas Públicas na Comunicação” e “O Futuro da Radiodifusão: migração, fiscalização e outorgas” – debateram assuntos como a necessidade de identificar novas oportunidades como forma de superar períodos de crise, flexibilização da Voz do Brasil, migração AM/FM, as rádios comunitárias e fiscalização.

O Congresso também abriu espaço para o cenário político brasileiro, que tanto influencia nosso meio. Antes do bate-papo com a senadora Gleisi Hoffmann, o Congresso contou com o prestígio da vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti, a deputada estadual, Maria Victoria, e o deputado federal Ricardo Barros.

Confraternização

A última noite do 23º Congresso Paranaense de Radiodifusão tornou-se uma grande confraternização entre os radiodifusores. A integração que marcou o evento desde o primeiro dia, repetiu-se no jantar de encerramento e confirmou os propósitos da Carta de Foz do Iguaçu – documento que descreve as principais conquistas do Congresso.

Agradecimentos também não faltaram. O presidente da Aerp, Márcio Villela, e o presidente do Sert/PR, Caíque Agustini, fizeram questão de nomear cada um da equipe organizadora, assim como lembrar de todos patrocinadores e apoiadores do evento.

O presidente da Aerp eleito para a gestão 2016/2018, Alexandre Barros, também aproveitou a oportunidade para apresentar a nova diretoria da Associação.

Parabéns a cada um dos que fazem do rádio paranaense uma respeitada referência de união e inovação para todo o Brasil!

O post 23° Congresso Paranaense de Radiodifusão foi um sucesso apareceu primeiro em Portal Aerp.