A importância das férias mesmo em tempos de pandemia

0
70
views

Publicado por: Comunicação | 31 de julho de 2020

Tirar férias muitas vezes é sinônimo de viajar. Porém, em plena pandemia, os planos precisam ser mudados: cruzeiros foram cancelados, aviões devem ser evitados e muitos países estão controlando suas fronteiras. O período pode parecer ruim para planejar uma pausa, mas os especialistas dizem que ela é essencial.

Tonya Dalton é autora do livro The Fear of Missing Out (medo de estar perdendo algo, em tradução livre). Ela acredita que fazer uma pausa em momentos estressantes é ainda mais importante. E isso se aplica mesmo que as férias se resumam a ficar em casa com a família.

Em entrevista ao portal Inc., a especialista lembra que o excesso
de trabalho pode levar ao burnout – síndrome que leva ao esgotamento mental.
Não tirar um tempo para descontrair da vida profissional é ainda mais
destrutivo durante o período de incertezas que estamos enfrentando. “Vamos
reformular a maneira como encaramos as férias”, sugere Tonya. “Em vez
de pensar que é apenas um período banal longe do trabalho, escolha encará-lo
como um investimento em seu próprio bem-estar mental e, às vezes, físico. Na
verdade, você fica mais produtivo, revigorado e animado com o trabalho que irá
realizar posteriormente”, completa.

Para Andressa Roveda, psicóloga conselheira do CRP-PR (Conselho Regional de Psicologia do Paraná) a
quarentena pode acarretar vários problemas de caráter psicológico, como
sintomas depressivos, tristeza, ansiedade, medo, solidão ou irritabilidade e as
férias são um período primordial para desconectar desse estresse crônico. “Principalmente
para os profissionais das atividades essenciais as férias são um período muito
importante para cuidarem de si, sua saúde mental e da família. Este período de
descanso permite um distanciamento emocional, além de um momento para lidar com
as boas emoções, rever os planos pessoais e fortalecer a mente”.

Dicas
especiais

As especialistas alertam que mesmo sem poder viajar as férias
proporcionam momentos de atenção para si e para com os outros que estão
próximos. Elas elencaram algumas formas de aproveitar as férias na pandemia:

Férias em casa podem ser relaxantes

Tonya acredita que muitas vezes, quando embarcamos em uma viagem,
sentimos a necessidade de fazer tudo no destino: visitar todos os pontos
turísticos e embarcar no maior número de aventuras possíveis. “E então
você volta de suas férias e pensa, ‘Oh, meu Deus, estou exausto. Preciso de
férias das minhas férias!’”, comenta. Por isso, encare as férias em casa
como um momento de descanso completo.

Andressa lembra a importância de pequenos detalhes. “Pense no fato
de poder acordar um pouco mais tarde, tomar um café da manhã demorado”.

Explore diferentes formas de aproveitar o tempo livre

Este é o momento de explorar opções de férias menos exigentes.
“Experimente a nova série de ioga que você há tempos gostaria de colocar
em prática ou leia os livros que estão na sua mesa de cabeceira há meses”,
sugere Tonya. Ela também recomenda explorar as atrações de locais que você
pretende visitar, mas que acaba nunca visitando.

Andressa destaca o convívio familiar. “Construir brinquedos com os
filhos ajuda os pais a estreitar laços e ainda estimula o desenvolvimento e a
interação com as crianças. Outra ideia é propor as brincadeiras de quando os
pais eram crianças”.

Permita-se ficar entediado

O tédio também é positivo, afirma a autora do livro The Fear of
Missing Out. Segundo ela, permitir que seu cérebro tenha um tempo livre para
brincar e explorar diferentes possibilidades é benéfico – e uma das melhores
formas de estimular a criatividade.

Férias mesmo em um período tão delicado como esse que vivemos é essencial e até terapêutico para nosso bem-estar, explica a psicóloga conselheira do CRP-PR. “É fundamental para o cuidado com a saúde mental, para recuperar as energias, para dar atenção à família, reorganizar as finanças e até para pensar no retorno social, quando for possível”.

Fonte: AERP