Emissoras AM: atenção à redução de potência no horário de verão

0
344

Horário de verão começou no domingo e segue até 21 de fevereiro.

Rádios AMs dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal devem ficar atentas à mudança do horário de verão, que entrou em vigor à meia noite de ontem, dia 18, adiantando os relógios em uma hora. As rádios desses estados precisam se adequar aos horários para redução de potência, que muda de acordo com o período do ano.

Desta forma as emissoras de Onda Média, que fazem a redução de potência devem se adequar e observar se a programação (muitas vezes automatizada) de redução está sendo feita corretamente. Já as emissoras de onda média (AM) devem acrescentar uma hora ao horário previsto para redução de potência nos estados onde haverá o horário de verão. A determinação está na Resolução nº 116, de 1999, da ANATEL.

Em relação ao programa Voz do Brasil, as emissoras de rádio devem manter a transmissão às 19h do horário local. Isso significa que não há alteração na programação local mesmo para os estados que não participam do horário de verão.

A estratégia do horário de verão foi adotada pela primeira vez no mundo durante a Primeira Guerra Mundial. Desde então, diversos estudos têm avaliado o impacto da mudança do horário na vida das pessoas.

O efeito não se resume apenas ao mau humor por ter de acordar uma hora mais cedo. Segundo as pesquisas, o horário de verão pode afetar o tempo de prática de atividades físicas, o número de acidentes de carro e até no período em que funcionários passam navegando na internet de forma improdutiva durante o expediente. O horário de verão segue até 21 de fevereiro.

Fonte: http://informabr.com/