Fórum reúne brasileiros e estrangeiros em debate sobre os desafios da radiodifusão

0
257

Durante dois dias, radiodifusores brasileiros e estrangeiros, executivos das principais emissoras de rádio e TV do país e especialistas debateram os desafios do setor, no 2º Fórum Latino Americano de Negócios de Radiodifusão, que aconteceu dentro SET Expo 2015, em São Paulo.

No discurso de boas vindas aos convidados, o presidente da AESP, Paulo Machado de Carvalho Neto, ressaltou a importância de um evento que debate assuntos relativos à radiodifusão e disse que “juntos, seremos cada vez mais fortes”. O presidente da AIR, Alexandre Jobim, destacou a atuação dos técnicos e engenheiros da Sociedade de Engenharia de Televisão (SET) na defesa do espectro mundial e brasileiro e a oportunidade de debates de temas técnicos e regulatórios.

Representando a ABERT, o vice-presidente de relações institucionais do Grupo Globo, Paulo Tonet Camargo, agradeceu a presença de representantes internacionais que visitaram o evento.

No painel “Desafios do rádio num ambiente convergente”, Ricardo Alarcon (Rádio Caracol/Colômbia), Fabiana Marcon (Rádios Grupo RBS) e Irene Junqueira (Sistema Globo de Rádio) destacaram cenários e projetos de multiplataformas, como, por exemplo, a integração do rádio com aplicativos móveis, streaming e redes sociais. O painel foi mediado por Marcio Vilela (presidente da AERP).

O “Panorama Internacional do Rádio” ressaltou a situação atual do meio nos Estados Unidos. Pesquisas recentes revelam que o rádio norte-americano alcançou mais de 245 milhões de pessoas e um desempenho positivo de faturamento e consumo.

O panorama foi apresentado pelo consultor Paulo Leite, José Luis Saca (Presidente da Asociacion Salvadoreña de Radodifusores – ASDER) e pelo mexicano Raúl Antillón (DLA), especialista em desenvolvimento de soluções de entretenimento para plataformas digitais. O painel também informou a importância que o rádio norte-americano dá para eventos para promover e monetizar os seus negócios.

Patrícia Blanco, presidente do Instituto Palavra Aberta, mediou o painel sobre “Restrições à publicidade nos meios de comunicação”, que teve a participação do presidente da Associação Brasileira de Agências de Publicidade (ABAP), Orlando Marques, e do vice-presidente do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (CONAR), Edney Narchi. Os palestrantes lembraram a importância de se valorizar e defender a liberdade de expressão, combatendo qualquer forma de censura que ameaça o direito garantido pela Constituição de 88.

No painel “O futuro do conteúdo da televisão aberta”, moderado por Alexandre Jobim, Ricardo Waddington (TV Globo) e Fernando Pelegio (SBT) falaram sobre a relação da TV aberta e gratuita com as novas tecnologias e a demanda por acesso a entretenimento a qualquer hora e em diferentes dispositivos, como smartphones e tablets. Destacaram ainda a mudança de comportamento dos consumidores e a interação com os meios rádio e TV.

Numa ação inédita da Abert, o SET Expo 2015 apresentou ainda um pavilhão exclusivo para o rádio. O espaço dedicado à exposição de equipamentos e serviços recebeu a visita de centenas de pessoas que puderam conhecer os produtos mais modernos ligados ao rádio. Mais de 30 empresas participaram da feira.

O SET Expo 2015 contou ainda com um pavilhão exclusivo para o rádio, com empresas apresentando produtos e soluções para o setor. Milhares de visitantes passaram pelo local ao longo dos cinco dias de exposição no Expo Center Norte.

Fonte: http://www.abert.org.br/