Abraço repudia ameaças a profissionais de emissoras comunitárias

Abraço repudia ameaças a profissionais de emissoras comunitárias

23 de abril de 2018 0 Por Equipe TudopraRádios

NOTA

A Associação Brasileira de Rádios Comunitárias (ABRAÇO BRASIL) repudia toda e qualquer tipo de ameaça aos comunicadores que atuam nas emissoras comunitárias do país. Nos referimos, sobretudo, à série de ameaças desferidas por fazendeiros e comerciantes, quando da passagem da Caravana de Lula, contra o jornalista e radialista Marcos Rogério Weber, membro da rádio comunitária Palmeira FM, de Palma Sola (SC). Além da liberdade de expressão e manifestação serem direitos assegurados constitucionalmente e não poderem ser violados, este tipo de atitude (da qual tivemos conhecimentos apenas há poucos dias), quando feitos contra uma rádio comunitária, é ainda mais grave, haja vista que são estes instrumentos de comunicação que estão promovendo algum tipo de resistência neste cenário de golpe. Ao contrário das emissoras comerciais, integrantes da grande mídia, logo, defensoras dos interesses privados e do pensamento único, as comunitárias respeitam a vontade de coletivos, são produtoras de um discurso que não se traveste de isento para contar os fatos.

Por fim, a história recente deste país já provou que, quando a comunicação é cerceada e os profissionais que atuam neste segmento são impedidos de “falar”, a democracia padece e ditaduras – cujas consequências costumam ser devastadoras sob todos os aspectos – renascem.

Direção Executiva da ABRAÇO BRASIL

Fonte: Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária – Abraço