Aerp reúne notáveis do comércio, indústria, ensino e governo em defesa da campanha de vacinação

Aerp reúne notáveis do comércio, indústria, ensino e governo em defesa da campanha de vacinação

2 de fevereiro de 2021 Off Por Equipe TudopraRádios

Representantes de setores estratégicos da economia paranaense, pesquisadores e políticos do estado se juntaram à campanha #Vacina Protege!, encampada pela Aerp.

Eles gravaram depoimentos que foram transformados em peças e artes para redes sociais, já disponibilizadas aos associados, explicando os motivos pelos quais acreditam que a vacina é a única maneira eficiente de combater a pandemia do novo coronavírus, e todas as suas variantes e mutações.

O superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Estado, professor Aldo Nelson Bona, lembra que a vacinação salva em média, três milhões de pessoas por ano no mundo. “E poderia salvar mais um milhão e meio de outras pessoas, que não têm acesso a elas”, ressalta em seu depoimento.

Camilo Turmina, a frente da Associação Comercial do Paraná, entende que a campanha nacional de imunização é a única forma de voltar a normalidade e abrir as portas do comércio como antes, devolvendo a esperança de dias melhores para todos os lojistas e comerciantes que superaram um ano com muitas adversidades e restrições.

O reitor da Universidade Federal do Paraná, Ricardo Marcelo Fonseca, pede aos paranaenses que confiem na “solução desenvolvida por cientistas e universidades do mundo inteiro, que se mobilizaram para dar a única resposta possível ao vírus: as vacinas”.

Michel Micheleto, presidente da Aerp, ressalta que não há outro caminho para a retomada da economia e preservação de vidas. E reforça o pedido do reitor. “Estamos colhendo os frutos da mobilização dos pesquisadores  que, com todas as dificuldades, desenvolveram e já estão distribuindo as vacinas. Agora é nossa vez, como comunicadores, de nos unirmos para mobilizar a população em torno de uma campanha estadual, bem organizada e articulada, acima de qualquer motivação pessoal, política ou ideológica”.

Acesse as opções de conteúdos, todas com duração de 1 minuto, já com trilha, para que sejam utilizadas da forma que considerar mais adequada para sua rádio e região clicando aqui. Posts para as redes sociais estão disponíveis no mesmo link.

Fonte: AERP