MobiAbert: apps são fonte de renda para rádio

MobiAbert: apps são fonte de renda para rádio

20 de junho de 2017 0 Por Equipe TudopraRádios

Uma das grandes preocupações do radiodifusor é como gerar receita com as novas plataformas digitais. O MobiAbert, projeto da ABERT que ajuda as rádios a entrar no universo mobile digital, oferece diferentes possibilidades para a emissora.

O aplicativo desenvolvido pela Associação traz inúmeras ferramentas gerenciais e de interação com os ouvintes.
“O aplicativo integrador MobiAbert disponibiliza informações sobre a audiência online da rádio. Logo, o radiodifusor pode usar esses dados para vender pacotes de publicidade com alcance além do rádio tradicional, utilizando também os ouvintes por streaming”, afirma o diretor geral da ABERT, Luis Roberto Antonik.
As emissoras possuem um login, que dá acesso a diversas informações do ouvinte e possibilidades de customização do espaço da rádio no aplicativo.
Além disso, é possível criar campanhas com interação por meio do app integrador, já que o ouvinte pode enviar mensagens de áudio escritas SMS e Whatsapp, e com imagem para a emissora e o locutor pode responder enquanto transmite a programação ao vivo.
“No MobiAbert, o radiodifusor tem um leque com infinitas possibilidades. Basta saber utilizá-las para gerar renda por meio da publicidade”, conclui Antonik.
O aplicativo integrador MobiAbert reúne 2,3 mil emissoras e é o maior do Brasil. Para fazer o download, basta procurar “MobiAbert” na loja do seu smartphone Android ou iOS. Se quiser receber o login ou solicitar a participação no MobiAbert, basta entrar em contato pelo (61) 2104 4645 ou 0800 940 2104.
Apps exclusivos
A ABERT também oferece aplicativos exclusivos gratuitamente em iOS e Android para as suas associadas. O objetivo dessa iniciativa é fortalecer o meio rádio como mídia tecnológica de comunicação e interação. No app da própria emissora fornecido pela ABERT, há a opção de publicidade específica para o ambiente online, como spots que tocam antes de iniciar a programação e banners.
A Associação cobre os custos de desenvolvimento do app e ainda paga os primeiros 6 meses de manutenção para a rádio. Após esse período, caso a rádio opte por permanecer no sistema, a emissora passa a pagar apenas um salário mínimo por ano.
Mais de mil emissoras já aproveitaram o benefício oferecido pela ABERT.

Fonte: Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão – ABERT